31.1.13

larry and his flask . all that we know (2011)


essa banda faz uma mistura de punk com bluegrass/country muito foda! punk rock swingado com guitarra, banjo, baixo acústico, bandolim e metais. uma das melhores descobertas do ano passado.


até 01/03 eles estão com uma campanha de arrecadação para a gravação do novo disco: http://www.larryandhisflask.com/fundraisers/fill-the-flask/. segue um vídeo da banda ao vivo.


Links:
» DL1 . @VBR(242-273)
» DL2 (alternate link) . @VBR(242-273)
» site da banda
» facebook
» bandcamp

pra quem gosta de: Old Man Markley, 500 Miles to Memphis, Social Distortion, Trampled by Turtles, Old Crow Medicine Show, Mike Ness, …

16.1.13

schnuckenack reinhardt . starportrait (1975)



gypsy jazz na veia, com um violino muito sinistro. o quinteto todo manda muito bem. enfim, é um daqueles discos que ao ouvir você pensa: caralho! como não conheci isso antes?



Links:
» DL1 . @160
» DL2 (alternate link) . @160

pra quem gosta de: Django Reinhardt, Stéphane Grappelli, Csaba Deseo, Häns’che Weiss Quintett, Gogol Bordello, Squirrel Nut Zippers, …

9.1.13

jimi hendrix . first days of the new rising sun (1997)


Fala galera! Muito prazer. Meu nome é Diego e fui convidado a colaborar com este blog, muito mais pelo amor que sinto pela música do que pelo meu conhecimento técnico sobre a mesma. Sempre fui apaixonado por música e ela faz parte da minha vida, me acompanha em todos os momentos.

Meu primeiro post é sobre o gênio das guitarras, James Marshall Hendrix, ou Jimi Hendrix, e o albúm First Days Of The New Rising Sun, lançado em 1997, 27 anos após a morte do cantor e guitarrista.

Hendrix foi um gênio, um pioneiro, um cara que foi capaz de absorver suas influências musicais e traduzir em um estilo único e totalmente singular para a época, se tornando assim umas das maiores influências, se não a maior, para guitarristas de todo o mundo.

First Days Of The New Rising Sun é uma herança valiosíssima, contendo músicas pouco conhecidas do público em geral, mas que representam toda a versatilidade e inovação que marcaram a carreira do músico. Com toda certeza é um dos meu favoritos.

Espero que gostem.

Clique aqui para baixar o disco

30.12.12

darth vegas . brainwashing for dirty minds (2012)



som muito louco e divertido da banda australiana Darth Vegas. mistura de jazz com metal, trilha de desenho animado, vaudeville, circo, ska, com arranjos elaborados, resultando numa música extremamente rica e inspiradora.

vale assistir aos dois vídeos pra sacar o som deles.



Links:
» DL1 . @320
» DL2 (alternate link) . @320
» site da banda
» facebook
» myspace

pra quem gosta de: Mr. Bungle, Mike Patton, Danny Elfman, Barons of Tang, Diablo Swing Orchestra, Vicious Hairy Mary, Frank Zappa, Carl Stalling, trilhas de desenho animado, …

27.12.12

criolo . nó na orelha (2011)



Criolo, ou Criolo Doido, está na cena do rap paulistano desde 89. Nestes mais de 20 anos lançou um disco (Ainda Há Tempo, de 2006) e fundou a Rinha de MCs em São Paulo. Porém foi com seu mais recente disco, Nó Na Orelha, de 2011, que conquistou seu espaço. Nele Criolo mistura o rap com soul, brega, samba, reggae e muito mais. Cada música é uma viagem. E o melhor: o disco Nó Na Orelha é distribuído gratuitamente pela internet. Se quiser aprofundar confira os vídeos em sua página e uma entrevista com Marília Gabriela.

Pra quem gostar fica o aviso de que ele passa pelo Circo Voador, no RJ, nos dias 11 e 12 de janeiro. É um show imperdível.

Links:
» Download - Nó Na Orelha (2011)
» site
» facebook

23.12.12

woima collective . tezeta (2010)


discaço de ethio-jazz de uma galera da Alemanha, este álbum muda a concepção musical de qualquer ouvinte. mistura de jazz, funk e música africana, inspirada em Mulatu Astatqé, com percussão hipnotizante e a metaleira cantando alto.


Links:
» DL1 . @VBR(204-294)
» DL2 (alternate link) . @VBR(204-294)

pra quem gosta de: Mulatu Astatqé, Budos Band, Poets of Rhythm, Andromeda Mega Express Orchestra, Karl Hector & The Malcouns, The Whitefield Brothers, Heliocentrics, afrobeat, …

20.12.12

destruments . bridge through time (2009)


Bridge Through Time é o segundo disco do trio de multi-instrumentistas da banda californiana Destruments. O grupo é formado por Sean Wilson (baixo, guitarra, programações e percussão) Kelly Finnigan (teclados, vocais, bateria e percussão) e Adam Willis (bateria e percussão), também integrante dos Monophonics, e passeia pelo jazz, R&B, soul e groove com naturalidade. A cama é preparada com incríveis samples de funk e hip-hop, onde a sonoridade é acolhida em versões originais de músicas de Azymuth a Lonnie Liston Smith, passando por Bobby Caldwell, Shuggie Otis, Michael Jackson, entre outros. Participações de Vince Foster, Austin Bohlman, Jacob Slim e Lee Thornburg.

Ficou interessado? Clique aqui.

pixies . bossanova (1990)


escolher um disco dos Pixies pra publicar é complicado. todos são essenciais.

este é bem abrangente, sendo uma ótima introdução à obra da banda (mas tem o Doolittle tb). abre com uma surf music instrumental e depois vem a cartilha do rock alternativo. influenciou geral.

vídeo com "Dig for Fire" e "Allison".


Links:
» DL1 . @320
» DL2 (alternate link) . @320
» site da banda
» facebook
» twitter

pra quem gosta de: Nirvana, Weezer, The Cure, The Jesus and Mary Chain, Hüsker Dü, Big Star, Blur, Arctic Monkeys, OK Go, Teenage Fanclub, Talking Heads, …

14.12.12

saskwatch . leave it all behind (2012)


discaço de funk/soul dessa banda australiana, com algumas músicas instrumentais e outras cantadas, que remetem ao soul das décadas de 60/70, todas com uma metaleira sinistra. e a vocalista Nkechi Anele canta pacarai! o bagulho é sério.

vale a pena assistir aos dois vídeos. um com a música instrumental que abre o disco e o segundo é o clipe de "Your Love".



Links:
» DL1 . @320
» DL2 (alternate link) . @320
» site da banda
» facebook
» soundcloud
» bandcamp

pra quem gosta de: Sharon Jones and the Dap-Kings, El Michels Affair, The Bamboos, Aretha Franklin, James Brown, Amy Winehouse, Motown, …

12.12.12

the philadelphia experiment . the philadelphia experiment (2001)



O tecladista Uri Caine, o baixista Christian McBride e o baterista/programador Ahmir “?uestlove” Thompson (ex-The Roots) formam o trio The Philadelphia Experiment, que em 2001 lançou o álbum homônimo, até o momento filho único. Ao longo das mais de dez faixas a rapaziada se esmerou ao criar grooves viciantes, como Grover e Lesson 4, abrindo espaço para versões jazzísticas e calibradas para clássicos de Sun Ra, Marvin Gaye, entre outros. Caine, McBride e ?uestlove flertam com o Eletrônico, o R&B e o Acid Jazz de maneira coerente, apresentando um trabalho que mistura responsabilidade, talento e... experimentação.

Ficou interessado? Clique aqui.